RELASER logo banner

Tema do grupo de acadêmicos e a Universidade de RELASER

DSC 0073O grupo é integrado por profissionais que fazem o ensino e/ou pesquisa (em extensão (baseado em universidades ou institutos de investigação) da América Latina e do Caribe.) No ano de 2015, o grupo é propõe conhecer e analisar as diferentes realidades relativas a projetos de extensão em que se encontram envolvidos seus membros. O papel das universidades no processo de extensão Rural, formação de extensionistas, bem como os contextos institucionais em que são encontrados, são alguns dos temas com as experiências.

Os membros da faculdade e grupo acadêmico podem contribuir para a rede de diferentes maneiras, por exemplo:

  • Participantes em diálogos virtuais, já como apresentadores ou comentaristas.
  • Circulam informações sobre o seu trabalho de investigação a fim de contribuir para os outros membros da rede (especialmente a fóruns nacionais).
  • Oferecendo para os fóruns nacionais de RELASER suas experiências e contribuições no que se refere a formação e actualização contínua dos trabalhadores de extensão em temas diferentes.
  • Facilitar o intercâmbio entre universidades para enriquecer debates e formações que fortalecem o assunto nas universidades.

No ano de 2015, o grupo elaborou um documento de "síntese de atividades, discussões e reflexões do grupo da Universidade e acadêmicos de RELASER 2015".  Este documenta o trabalho que é realizado no quadro do grupo durante o ano, faz uma análise transversal dos principais pontos de debate. Propõe também, organizá-las no próximo diálogos com base em eixos de análise proposto por RELASER que são os seguintes:

1. novo paradigma de extensão

  • Descentralizado de serviços: serviços locais, em oposição aos criado e dirigido pelos níveis centrais, são mais democráticas, apropriado para identificar e receber a demanda dos usuários e capaz de adaptar suas metodologias e estratégias para as características sociais e econômicas de seus territórios.
  • Abordagem multidimensional: a sociedade rural para melhorar as condições económicas e sua qualidade de vida precisa de endereço em forma conjunta seus problemas, como são as produtivas, isto é, agrícolas e não agrícolas, os cuidados ambientais, a participação cidadã (melhorar o seu capital social), dar valor a seus ativos não produtivos, capacidade de integração e resolver os seus conflitos de forma adequada.
  • Pluralismo na entrega de serviços: tendo em conta a multidimensionalidade do problema exige novos e diferentes recursos que normalmente não podem ser fornecidos por um emprestador. É muito importante que o sistema é capaz de abrir é para novas fontes de fornecimento, são eles público ou privado, mas que garantia a qualidade e são de continuidade.
  • Orientação para objetivos dos produtores e mercados: bens e serviços gerados nas zonas rurais devem ocorrer e se adaptar às condições exigidas pelo mercado. No entanto, ele deve reconhecer um importante grupo de agricultores que concentram-se principalmente na segurança alimentar.
  • Extensão orientada pela demanda: é deve contar com os serviços de extensão contra a demanda, o que vai acontecer na medida que é ter de mais e melhores organizações, o que é realmente eles reconhecem capacidades e os conhecimentos que vem delas, as comunidades e os próprios produtores e são estabelecidos mecanismos eficazes do diálogo entre o estado e a sociedade civil para recolher esta demanda. A isto há que acrescentar que lá é a capacidade em os produtores e suas organizações de estrutura e explicitar sua demanda.

2. linhas estratégicas do plano de trabalho do RELASER:

a.. promover espaços de diálogo e gestão do conhecimento

  • Fóruns nacionais
  • Grupos temáticos de RELASER
  • RELASER reuniões
  • Criação e gestão de ferramentas de informação e comunicação
  • Links e alianças estratégicas com instituições e redes

b. desenvolvimento das capacidades

  • Contribui na construção de competências e perfil da nova extensão.
  • Gerar parcerias para capacitação

c. gerar evidências

  • Parceria com instituições para gerar estudos, documentando experiências e avaliações do processo de extensão.

Participar no grupo e nos fóruns, é a forma pela qual é possível aprender e discutir a direção na qual é contextualizar as orientações de acordo com as experiências regionais e dos territórios no que diz respeito a relações sociais, papéis, cultura, diversidade, gênero, etc. É um Lembre-se de participar, a pé e des-andar conhecimento.


Icono inscribirse en RELASER

Você já é um membro?

Cadastre-se na RELASER.
Icono eventos

Eventos

Veja a próxima reunião do RELASER.
Icono foro on-line de RELASER

Partilhe a sua opinião

Visite nosso fórum de discussão on-line.
Icono de la lista de preguntas frecuentes

Alguma dúvida?

Reveja a seção de perguntas frequentes.